Porta a fora: Pubi Handte

panambiMorei em Panambi durante dois meses esse ano, fui para fazer uma espécie de estágio em um jornal impresso (qualquer dia eu falo sobre). Panambi é uma cidade bem pequenininha no interior do Rio Grande do Sul, minha mãe cresceu lá com suas irmãs (minhas tias) que continuam morando na cidade. Desde bem nova eu visito a “metrópole” durante as férias ou feriadões, então, tenho alguns amigos de longa data por lá.

Um deles é o Thales, que é sobrinho da minha dinda (todo mundo acha que a gente é primo, porque ficava complicado explicar toda a linha de parentesco familiar)  e eu conheço praticamente desde que nasci  (sério, tem até umas fotos dele na minha festa de um aninho). Foi o Thales, por exemplo, que me falou da Unipampa (onde eu cursei jornalismo) quando era apenas um projeto de Universidade Federal em seu primeiro aninho de vida. Ele foi cursar Publicidade lá, o que me motivou (ou deu coragenzinha) de ir tentar o Jornalismo. Depois, ele largou o curso e eu fiquei!

Retomando o “tema” do post: o Thales saiu da Unipampa (em São Borja)  e foi cursar gastronomia em Santa Catarina, quando voltou começou um bar/pub com o Nego (que é tio dele, e marido da minha dinda) – eles reformaram todo o local, montaram um cardápio legal, escolheram um público que eles tinham afinidade (galera do rock, yeah) e criaram até uma cerveja, a Panambier!

O pubi

Exibir álbum

Panambi não tinha nenhum lugar voltado para o rock – sério – as festas locais só tocam sertanejo universitário (salvo algum show diferente) – falo por experiência própria. Além de bandas de amigos e do pessoal da cidade, o bar começou a contratar bandas cover. As festas fazem sucesso tanto para o pessoal mais velho, que prefere assistir “de boa” sentandinho e tomando uma cerveja; quanto para a turma mais nova, que prefere ferver na frente do palco. Como não é um bar “aberto”, e funciona só em dias específicos (caso alguém contrate para um jantar ou nesses em que eles promovem os shows) o ambiente acaba sendo super descontraído e familiar.

b

bandas

Outra coisa bem legal é a fanpage do pubi, com fotos super bacanas das festas e do local. Quem tira a maioria dessas fotos é a Stéphanie, namorada do Thales. Algumas vezes com a câmera convencional e outras com uma Diana (aquela antiga, de filme). Como ela leva o maior jeito para fotografia (inclusive, aqui tem á fanpage dela)  os resultados costumam ficar muito bons:

ts

61413_424741027573922_1516388404_n

206261_428671040514254_895020690_n

lomo

a

Realmente é muito legal fotografar pessoas bêbadas com uma câmera analógica!

267373_428656350515723_1681872688_n

Na primeira vez em que eu fui no bar estava rolando um show cover do AC/DC. Compareci no local com a Ana especialmente para conhecer a Inez, que veio da Alemanha para fazer intercâmbio em Panambi (minha nossa) – como ela só falava inglês ou alemão, estava completamente perdida na cidade. Confesso que havia algum tempo que eu não tinha contato com um “nativo” de outra língua, e precisei de duas ou três cervejas para colocar “em prática” todo o inglês do cursinho. A amizade super rendeu, e depois dessa rolaram várias outras saídas, jantinhas, “noites das garotas” e muitas conversas em pseudo-português/alemão/inglês/espanhol sobre assuntos diversos e impublicáveis. Morro de saudades : )

innnnn

284265_3733816746137_964745845_n

eeeee

283065_423598411021517_329952775_n

(um quindim para quem encontrar eu e a Inez aí no meio da galere)

546004_423599701021388_1419690284_n

pub

Anúncios

11 pensamentos sobre “Porta a fora: Pubi Handte

  1. Adorei o formato novo do blog, ficou muito lindo! Também morei em cidade do interior é bem difícil mesmo achar um lugar legal que toque roque em rou! beijos

  2. Que lindas essas fotos e esse blog! Tenho a fanpage faz um tempo porquê adoro as ilustrações, mas nunca havia vindo aqui, vou começar a acompanhar sempre.

  3. Mon Dieu, que querida você! Adorei o post!
    Volte logo para brincarmos mais de dançar rock & roll com a lomo!

    ps: já favoritei o blog, quiero más.!

  4. Oi floor. Vi que você passou lá no blog e fiquei bem feliz. Até comentei que estou sempre passando por aqui porque eu juro que sou apaixonada pelo modo como você coloca as palavras e suas fotos e a estrutura do seu post e tudo mais. Sempre passo por aqui, mas acho que você talvez não tenha percebido porque deixei de usar meu pseudônimo Leona para usar meu nome que é Vitória :)
    Mas eu adoro que me chamem de Le :)))

    Beijos, Vi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s