Chá das cinco, com: Carou Rossato

[tweetmeme source=”A Likeable Blog…” only_single=false]Conheci a Carou em meados de 1998, acreditem ou não, éramos de um grupo escoteiro, lá em Caxias do Sul (RS).

O tempo passou, todo mundo se mudou, e perdemos contato – mas a bendita era digital sempre nos deixa à par da evolução/vida alheia. E nessas, me deparei com a arte da moça, que pinta, borda, sapateia e faz uma festa com pincéis – chamei no reservado  e montamos esse post!

E que fique provado por A+B que ♪ Carolina é uma menina bem difícil de esquecer…

carol 3

21

p1

Well, meu nome é Carolina, mas detesto que me chamem assim, prefiro Carou mesmo…

Tenho 19 anos, nasci em Caxias mas vim morar em Joinville (sc), há nove meses.

Atuo como designer gráfico há 4 anos, até comecei a cursar a faculdade mas quando mudei

de cidade resolvi expandir meus caminhos, hoje faço curso de modelagem e confecção de roupas

no Senai e pretendo começar design de moda ano que vem, além, trabalho na fábrica da Colcci.

fg

p2

Sempre gostei de desenhar, desde pequeninha… – apesar de não saber desenhar de fato, faço
meus rabiscos, mas nada demais. Tem até um fato engraçado, quando eu era pequena meus
pais forraram as paredes do nosso apê com aqueles papéis de mesa sabe? Pra eu poder
riscar a vontade… – meu bisavô por parte materna era artista, fazia esculturas de concreto,
pintava, minha desenha e pinta absurdamente bem, talha quadros em madeira! Tenho
uma prima designer, minha tia-avó e minha mãe são formadas em artes, então meio que está
no sangue : )

p3

Pra mim o desenho sempre foi um hobbie, uma brincadeira que eu comecei a levar a sério…
Sempre acreditei que devemos ter uma profissão onde gostamos de atuar, comecei a
trabalhar como designer gráfico aos 15 numa conviteria, depois de mandar imprimir lá a arte
do convite que eu mesma tinha feito para a minha festa! E assim as coisas foram indo… – a
história das camisetas surgiu totalmente sem querer… comecei pintando camisetas velhas só
por gostar de mexer com tinta mesmo, até que manchei uma das camisetas preferidas da
minha irmã e ela ficou possessa comigo! Então fiz um desenho nela para tapar, postei a foto no
Orkut “na época”… – fez sucesso, algumas meninas me fizeram algumas encomendas e eu segui
adiante!

13

p4

Citando Shawlin:

vred

…amo mesmo o que eu faço e meus desenhos são sempre muito impulsivos, não penso muito antes

de passar pro papel. Quando vou pintar uma camiseta, às vezes risco de lápis antes mas normalmente

quando chega a hora de passar a tinta eu faço tudo totalmente diferente! Gosto de formas abstratas,

detalhes e explosão de cores.

p5

Uso tinta de tecido e canetinha específica pra tecido também, depende muito – quanto se gasta
numa t-shirt – o tipo de tecido, quantas cores se usa na estampa…

Mas em torno de uns R$30,00 dá pra fazer algo bem legal!

p6

Sabe aquela camiseta velha que seu pai ganhou da empresa, que tá lá guardada na última
gaveta? Então… – compra alguns potinhos de tinta e se joga de cabeça! Vale tudo, só pra pegar
a manha do pincel! Depois vai evoluindo naturalmente!

p7

523787_3328246016258_574748408_a Alice sempre foi meu desenho preferido, desde muuuiitoo pequena! Assisti o filme da Disney
tantas vezes que sei todas as falas e músicas de cor, todinhas mesmo… antes de entender
direito a história, curtia pelo encanto em si. Hoje, mais velha, depois de ter lido o livro seis
vezes
, cada vez que me deparo com ela me apaixono mais! Acho que sempre vou ter
dentro de mim uma menina sonhadora, teimosa, curiosame identifico bastante com ela.

p8

Sou apaixonada por street art, acredito que a arte é um direito de todos e não deve ser restrita
apenas a galerias.  Grafitti, stencil, lambe-lambe e stickers são minhas formas de expressão
favoritas, depois da moda, claro. É essa manifestação que colore os dias cinzentos das
grandes cidades, expressa opiniões, visões, protestos, valores.. o OBEY é um dos caras que
eu quero ser quando crescer“, já na cena brazuca eu gosto muito da Catarina Gushiken, ela é de SP  e não é muuuiitooo conhecida, mas eu adoro os trabalhos dela.

2

P.s: estão desafiados a distinguir a Carou da irmãzinha mais nova (que ela usa de cobaia/modelo)

9

p9

já parou para pensar que a moda pode parecer futilidade quando dela somos escravos, mas pode ser arte, quando a usamos como forma de expressão?

Vou deixar que um vídeo espetacular da Cris Guerra fale por mim:

p10

Primeiro gostaria de agradecer, fiquei muuuiito feliz com o convite! É muito gratificante ter nosso trabalho reconhecido : )

Segundo, estou a disposição para fazer qualquer trabalho proposto, como eu disse antes, amo o que eu faço e adoro desafios! hehehe

E terceiro e último, façam tudo na vida com amor.. se é pra fazer sem vontade nem comecem!

portfóliotumblr@carolinando, face

Anúncios

4 pensamentos sobre “Chá das cinco, com: Carou Rossato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s