meme: 5 coisas que você não imagina sobre mim

[tweetmeme source=”A Likeable Blog…” only_single=false]

Adorei o meme dessa semana, mas admito que demorei para montar – como eu sou super ligada em redes sociais, achei um pouco complicado publicar “5 coisas que vocês nem imaginam”, afinal se eu não publiquei antes, não vou publicar agora…-

Enfim, depois de conversar com a Sininhu, (que respondeu também) acabei montando ele de um viés mais fofinho, sem polêmica.

TayraGaby, Anne e Lívia também fizeram suas revelações.

1. Eu não falo palavrão.

185069865906776988_SYHSFew6_c

Simples, eu tenho dois irmãos menores (com uma diferença de idade considerável) logo, palavrões sempre foram banidos na minha casa, para preservar as crianças. Acabei acostumando a falar qualquer outra palavra, ou soltar um grunido – enfim – nos momentos de raiva.

2. Já recebi Louvor Acadêmico

167970261071569029_vvHjJSa0_c

Então, sempre fui da “turma da bagunça” mas a nerd da turma da bagunça, faz sentido?

Assim: adorava o bolor, matar umas aulinhas, chegar atrasada em outras, etc, etc. Mas quando a corda apertava, corria e fazia tudo direitinho (desesperada e com o prazo estourando na cara, mas fazia). Tanto que durante a faculdade fui contemplada com bolsas de pesquisa, ensino, trabalho e vários projetos paralelos.

O meu TCC, ou trabalho de conclusão foi a revista Cooltura (é só clicar na imagem aí em cima para ir para o site) – feita por mim, que era formanda de Jornalismo e pelo @publicasam, formando de Publicidade & Propaganda. Além de receber nota 10 na banca, ela recebeu louvor acadêmico – uma espécie de “pompa” de “requinte”. A Coolturinha também foi o primeiro trabalho da minha então faculdade (que era a Universidade Federal do Pampa) a vencer um IntercomSUL.

Como eu sou filha de professora, tenho um certo apreço por títulos universitários (mesmo não valendo nada no mercado de trabalho) – agora eu curso uma pós em Relações Internacionais e Diplomacia, e já enfiei na cabeça que vou repetir o feito.

3. Já dancei em um balcão de boate:

248705_186497391399614_2913171_n

Então, sabe aquela cena típica de filme? Fui lá e fiz… – e para completar, a música era Macarena!

4. Nesse ano,  já li 20 livros inúteis:

76913106105693792_FWNQCHe0_c

É óbvio que não são inúteis, aliás praticamente todos são muito legais. A fala foi no sentido de “eu não precisava ler” não são acadêmicos, históricos ou didáticos – faz sentido? São 20 títulos pure fantasia!

Como minhas faculdade acabou em dezembro e minha pós só começou em março, tive um tempão de pernas para cima – pude ler muita coisa que eu “queria” ao invés de coisas que eu “precisava”. Então, os nºs desse semestre foram acima do normal:

O Ladrão de Raios, O Mar de Monstros, A Maldição do Titã, A Batalha do Labirinto, O Último Olimpiano e O Arquivo dos Semideuses da série Percy Jackson e os Olimpianos, do Rick Riordan. Do mesmo autor, li O Herói Perdido e O filho de Netuno, da saga Os Hérois do Olimpo, Trilogia Hunger Games da Suzanne Collins: Jogos Vorazes, Em Chamas e A Esperança em menos de uma semana.  O Similarion – do Tolkien, A Mulher de Preto, da Susan Hill , Game of Thrones, da série As Crônicas de Gelo e Fogo, do George R. R. Martin. O Livreiro de Cabul da Asne Seierstad, A Cidade do Soldo Khaled Hosseini. A volta ao mundo em 80 dias, do Júlio Verne, Os Contos de Beedle o Bardo, da J.K Rowling e a biografia dela. Coraline, do Neil Gaiman.

Atualmente, em minha cabeceira: Rum: Diário de um jornalista bêbado, do Hunter S. Thompson e One Day do David Nicholls.

5. Eu gosto mesmo de Contos de Fada:

114208540519952113_5lqGSM2q_c

Quando eu saio desenfreada postando links de histórinhas e ilustração de princesa, não é tão à toa não. Sou formada em escola Disney, mas não parei por aí. Contos são um tema super valorizado aqui em casa, e foram projetos de Mestrado e Doutorado da minha mãe. Assim, tive acesso á um calhamaço de material incrível relacionado – tanto à hibridismo, quanto à transformação e adaptação cultural, história deles pelo mundo, primeiras versões, simbologia. Fico encantada com as possibilidades existentes por trás de uma histórinha como Cinderela, ou da simbologia da Chapéuzinho Vermelho ou  perante autores que fizeram trabalhos incríveis de tradução cultural, com reflexos reais em toda uma sociedade.

Anúncios

4 pensamentos sobre “meme: 5 coisas que você não imagina sobre mim

  1. Ai que massa ficou o teu meme!
    Minha mãe tb era professora (hj ela já se aposentou) e acho que isso ajuda muito na formação de caráter escolar dos filhos.

    Tb já dancei em um balcão de boate! huahaha Mais de uma vez.

    Adorei a revista Cooltura, ganhou os prêmios merecidamente. :)

    Beijos

  2. Pingback: Cinco coisas que vocês nem imaginam sobre mim | Teia de Renda

  3. Pingback: Meme: 5 coisas que você nem imagina sobre mim « Teoria Criativa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s