Oscar de melhor figurino –

O filme The Young Victoria…

…faturou da Acadêmia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood a estatueta de melhor figurino.

A direção foi de Jean-Marc Vallée  e o figurinista foi Sandy Powell.

 “A Jovem Victoria” concorreu com: Brilho de Uma Paixão, Coco Antes de Chanel (pelo qual eu estava torcendo escancaradamente), O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus e Nine.

O filme começa em 1837 – e isso já quase explica o Oscar, para quem sabe o quanto a acadêmia adora premiar filmes de época no quesito figurino, até pela quantia de trabalho e pesquisa que esses envolvem.  

 

Sinopse: A história começa em 1837. Victoria, então com 17 anos, está no centro de uma luta pelo poder real. O seu tio, o Rei William, está a morrer e Victoria é a herdeira do trono. Toda a gente quer ganhar os seus favores. No entanto, Victoria é posta à parte da corte pela possessiva mãe, a Duquesa de Kent e pelo seu ambicioso conselheiro, Conroy. Victoria odeia-os a ambos. Um dia, o elegante primo de Victoria, Albert, é convidado para a visitar pela sua mãe… (Fonte: Sapo.pt)

Anúncios

2 pensamentos sobre “Oscar de melhor figurino –

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s