A McQueen continua.

Um legista inglês anunciou ontem (17/02) a causa da morte do estilista Alexandre McQueen (1969 – 2010). Foi confirmado o suicídio por asfixia. O documento detalha ainda que o corpo de McQueen foi encontrado pendurado no guarda-roupas de seu apartamento, em Mayfair, Londres.
McQueen já vinha apresentando sintômas de depressão desde a morte de sua mãe Joyce no dia 03/02. No dia seguinte, ele escreveu em seu twitter: “Estou deixando meus seguidores saberem que minha mãe faleceu ontem, se ela não pode me ter vocês também não RIPmamãexxxxxxxxx“.
A marca do estilista, que leva seu nome, vai continuar em atividade, afirmou a empresa parceira PPR SA nesta quinta-feira.
Robert Polet, chefe da subsidiária do Grupo Gucci, afirmou que a coleção em que McQueen estava trabalhando antes de sua morte será mostrada na semana de moda de Paris, no próximo mês.

McQueen ganhou o prêmio de melhor estilista britânico por quatro vezes, e era unanimemente, apontado com um dos mais originais criadores da atualidade.

Anúncios

Um pensamento sobre “A McQueen continua.

  1. Pingback: Rapidinhas! « A likeable blog…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s